16 junho 2009

Rua Miguel Bombarda (artéria cultural)

Posted by Picasa

5 comentários:

Pedro disse...

Aqui, temos outro caso "interessante"... e não só do que se vê, é por toda a rua das artes chamada! Isto, é arte? Não me parece... a não ser a da destruição por abandono! Não seria hora da CMP intervir? Ou à falta dela o Ministério da Cultura?

Rui Valente disse...

Caro Pedro

Receio bem que estas euforias ciclas sobre iniciativas culturais no Porto, como é o caso da R. Miguel Bombarda, não passem de fogachos de pouca duração, caso não seja feita uma recuperação urbana a sério de forma a estabilizar os eventos que por lá se vão realizando. Ninguém gosta de ambientes onde o lixo e a degradação sejam uma constante. Passada a moda, estes projectos não sustentados, morrem.

Pedro disse...

Quem tem feito, essa sustentação, são todos aqueles que lá estão, quase exclusivamente. Não receio que esta "moda" passe, pois que os mais antigos, estão bem enraizados. É curioso saber como tudo começou. Foi com a galeria do Fernando Santos que, atrás dele, levou muitos mais. Agora, sim, é a euforia! A selecção natural, será feita. O "núcleo duro", está lá para servir de sustentação.
Agora, é evidente, ser necessária uma intervenção urbanística e de recuperação de edifícios, de fundo. Já há um começo mas, não chega.

Rui Valente disse...

Sejamos optimistas! Mas ,já tanto podia ter sido feito durante estes anos todos!

Pedro disse...

Isso, é por demais evidente. Mas, não temos por cá, no momento, quem se motive por estas coisas... Aguardemos que mude! E Miguel Bombarda, não vá para Gaia...